fbpx

Qual a diferença entre os tipos de cachos?

Qual a diferença entre os tipos de cachos?

Quem é cacheada sabe que existem algumas diferenças entre os tipos de cachos. E, para cada um deles existem cuidados e produtos específicos que devem ser utilizados para garantir a hidratação e proteção dos fios. Inclusive, até mesmo no momento de realizar um corte de cabelo isso deve ser levado em consideração visto que existem alternativas que ficam ótimas para algumas e ruins para outras.

Mas, é claro, essa dúvida deve ser sanada aqui mesmo, neste artigo. Iremos te apresentar de forma breve quais são as diferenças e o que deve ser feito para manter a saúde dos fios. Por isso, continue a leitura conosco para saber mais sobre. 

Cachos tipo 2 (ondulados)

São os fios que possuem um pouco mais de volume e, por isso, acabam sendo mais abertos. Neste tipo de caso, é mais fácil de alisar ou eles são menos exigentes com hidratação. No entanto, os gastos maiores são com os ativadores, que servem para deixar os cachinhos ainda mais bem formados e modelados. 

Outro ponto é que os cachos deste tipo podem formar um pouco mais de frizz que os outros. Por isso, é importante estar sempre nutrindo para evitar que isso aconteça. 

Cachos tipo 3 (cacheados)

A fitagem pode ser uma alternativa que ajuda as mulheres  com esses tipos de cachos. Pode-se usar tanto procedimentos caseiros quanto outros com produtos comprados. 

 Neste caso, os fios são bastante característicos: estão voltados para o crespo mas ainda não são crespos. 

Deste modo, tendem a perder mais proteínas (essa dica também vai para crespas). Por isso, é mais que recomendado que as mulheres que sofrem com essa perda façam o so do colágeno, que serve para deixar a cabeleira mais elástica e nutrida. Um pote de 1kg de colágeno pode custar na faixa de R$ 50 ou menos, tudo pode variar de onde comprar. Aqui na Bela Berê, temos preços bem em conta para as nossas leitoras. 

Cachos tipo 4 (crespos)

Esses tipos de cachos merecem mais cuidados. Isso porque, eles tendem a ser mais finos e sensíveis. E, além disso, um simples processo de fitagem pode não ser o suficiente visto que os cachos são bem menores que as alternativas anteriores.  O mais indicado é utilizar produtos caseiros como o abacate no cronograma capilar todas as semanas para evitar que o cabelo sofra muito com a perda de líquidos e nutrientes. 

O colágeno e outros hidratantes específicos para esse tipo de cabelo podem otimizar os cuidados e fazer com que fiquem com uma aparência ainda mais leve e macia. 

O ativador pode ser um bom auxílio, mas não espere que todo o resultado possa vir dele.

E então, tem mais alguma dúvida sobre quais são as diferenças entre os tipos de cachos? Neste artigo, tentamos abordar um pouco mais sobre elas.  Não esqueça de vir conhecer outros de nossos artigos. Eles contam com dicas essenciais para as meninas e mulheres com esses tipos de cabelos. Separamos análises sobre cremes hidratantes, ativadores, melhores cortes e muito mais. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *